EMBRAER - Instituto Embraer

Blog Notícias


  • 29abril
    Programa Parceria Social completa 10 anos de sucesso e promete edição especial

    Maio é mês de comemoração para o Instituto Embraer de Educação e Pesquisa. Há dez anos atrás foi criado o Programa Parceria Social (PPS), que surgiu com a finalidade de reconhecer e apoiar os melhores projetos de organização sociais sem fins lucrativos que desenvolvam atividades voltadas para a educação em parceria com empregados voluntários da Embraer.

    O edital de 10 anos será lançado no dia 14 de maio e as informações estarão no site do Instituto Embraer. Entre as novidades do ano, um super prêmio especial!


    Criança_Feliz_ballet_2206.jpg
    ​Corpo de Ballet do Projeto Criança Feliz, um dos contemplados pelo PPS ao longo desses 10 anos

  • 24abril
    Sou da Saúde no Colégio Embraer - Juarez Wanderley


    soudasaúde.JPG




    Os alunos do 1º. Ano do Colégio Embraer Juarez Wanderley participaram do Sou da Saúde, evento organizado pelo SEP - Setor Educacional Psicopedagógico – do Colégio em parceria com a UNIVAP - Universidade do Vale do Paraíba.

    A atividade propiciou aos educandos o contato com diversas carreiras, essa experiência tem como objetivo auxiliá-los na escolha profissional.

    Entre as oficinas presentes estavam as das áreas de Terapia Ocupacional, Enfermagem, Odontologia, Biomedicina, Farmácia, Gastronomia, Nutrição e Fisioterapia.

    Durante o evento, os alunos vivenciaram de forma prática um pouco de cada profissão, refletiram sobre as dificuldades dos pacientes, tiveram contato com alunos e professores dos cursos, puderam sanar dúvidas quanto à grade curricular, estágio, atribuições principais e mercado de trabalho.

    Faz parte da proposta educacional do Colégio Embraer o foco na construção do projeto de vida de cada aluno, condizente com suas capacidades e habilidades.


     

  • 22abril
    Alunos do 1º ano do Colégio Embraer - Juarez Wanderley vencem desafios

    A 3ª semana de abril foi de muito trabalho para os alunos da PPU Pré-Engenharia do Colégio Embraer  - Juarez Wanderley. Entre os dias 18 e 19, os futuros profissionais de Exatas colocaram em prática conhecimentos adquiridos.


    Desafio dos carrinhos

    Os alunos do 1º ano do Colégio Embraer - Juarez Wanderley apresentaram suas resoluções para solucionar o desafio dado pelos técnicos e professores do PPU de Pré-Engenharia: fazer um carrinho, que foi entregue anteriormente aos grupos, andar uma distância mínima de 10 metros em linha reta. 

    Os carrinhos distribuídos eram todos iguais e os alunos tinham a liberdade de utilizar qualquer sistema de propulsão para impulsioná-lo. Entre os sistemas escolhidos estavam vapor de água quente e gelo seco a energia solar e reação química de bicarbonato de sódio e vinagre, por exemplo. 

    O trabalho proposto tem o intuito de verificar quais as habilidades e competências que os alunos trazem consigo para o PPU, auxiliando na definição da linha de trabalho a ser abordada com a turma. Os próximos desafios também são baseados nas habilidades demonstradas nesse primeiro desafio.



    desafiodoscarrinhos.JPG




















    Projeto de foguetes

    Como parte da proposta pedagógica da matéria de Física, os alunos do 1º ano do Colégio Embraer - Juarez Wanderley também apresentaram os Foguetes de Laçamento. Durante a prática são observados conceitos como aerodinâmica, pressão, estabilidade, centro de massa e outras teorias.

    O projeto une as competências da Física com a história da cidade de São José dos Campos, que tem forte identificação com a tecnologia aeroespacial.


    foguetes.JPG


  • 19abril
    Ciências sem Fronteiras contempla ex-aluna do Colégio Embraer – Juarez Wanderley

    Carolina Bibanco, 21 anos, sempre quis passar pela experiência de estudar fora do país. Aluna da turma de 2009 do Colégio Embraer – Juarez Wanderley, cursa agora Arquitetura e Urbanismo na PUC-MG e pesquisou entre os convênios da Universidade quais seriam as maneiras de realizar esse sonho. ‘Contudo seria muito caro me bancar no exterior, sendo então inviável um intercâmbio tradicional.’, diz. Apesar dos contrapontos, Carolina não desistiu e descobriu o ‘Ciências sem Fronteiras’, projeto do governo que financia a estadia de estudantes brasileiros no exterior.

    Para participar, o aluno é obrigado a ter um Projeto de Iniciação Científica para continuar a desenvolvê-lo durante o intercâmbio. ‘Comecei a me preparar há pouco mais de um ano, academicamente e psicologicamente falando.’, conta Carolina. O próximo passo foi lançar em uma plataforma o histórico escolar, o currículo traduzido e cartas de recomendação dos professores.

    Com base nessas informações, as Universidades podem escolher alunos que apresentam o perfil acadêmico desejado. Carolina recebeu o accept da Universidade de Nebraska, ‘gritei de alegria, pulei e avisei todos meus vizinhos do prédio que estou indo morar nos Estados Unidos’, brinca, ‘depois respirei fundo para ler todo o termo de compromisso que é complexo, longo e em inglês!’

    Carolina vai morar em um alojamento e ficará em Nebraska durante um ano e dois meses, podendo estender por mais tempo caso consiga um estágio. Os planos para preencher esse tempo já estão sendo traçados. ‘Quero aprimorar ainda mais meu inglês e aprender muito sobre o processo de criação e projeto de arquitetura que eles desenvolvem lá. Depois disso quero visitar meus amigos que estão lá, muitos do Colégio Embraer – Juarez Wanderley, além de aproveitar demais essa oportunidade de emersão numa nova cultura!’

    Correr atrás dos sonhos e aproveitar as oportunidades, essa é a mensagem que Carolina deixa, especialmente para os alunos do Colégio Embraer: “Toda experiência e todo o aprendizado é válido. Considero-me privilegiada por fazer parte de um grupo de estudantes tão diferenciados e por ter crescido tanto como pessoa desde que entrei no Colégio. Se hoje estou em uma ótima universidade e conquistando todos meus sonhos é porque tive apoio da minha família e dos professores que me preparam para isso.”

     

    A integração na nova Universidade está marcada para o dia 20 de junho.​


    Carolina.jpg
    Carolina Bibanco, ex-aluna do Colégio Embraer, quer se aprimorar na área de Novas Tecnologias Construtivas com ênfase em Arquitetura Sustentável​

  • 17abril
    Diretores dos Colégios Embraer utilizam-se de tecnologia para aperfeiçoar ações

    O Colégio Embraer – Juarez Wanderley e o Colégio Embraer – Casimiro Montenegro Filho estão em constante contato, a troca de experiências fomenta as possibilidades de crescimento e evolução, valores presentes na estrutura do Colégio.

    Esse relacionamento é absorvido por todos os envolvidos, desde a diretoria, passando pelos professores, até os alunos, que podem aprender com a dinâmica de cidades e realidades diferentes.

    Para tanto, é preciso vencer as mais 4 horas que separam São José dos Campos e Botucatu. Antenados as novas tecnologias, os diretores dos dois Colégios utilizam-se de interfaces interativas para se comunicarem diariamente.

    As vídeos conferências acontecem diariamente, alinhando e agilizando tomadas de decisões e ações entre os profissionais e alunos.

    “Conseguimos resolver problemas e apontar soluções numa velocidade mais rápida e precisa com visões compartilhadas analisando sistemicamente os problemas.”, diz Welington Souza, diretor do Colégio Embraer Juarez Wanderley, apoiado pelo colega Renato Silva, diretor do Colégio Embraer Casimiro Montenegro Filho. “Embora as salas estejam separadas por trezentos e cinquenta quilômetros as reuniões acontecem cotidianamente. A distância não é empecilho para a comunicação.”, confirma Renato.


    novastecs2.JPG
    Vídeo conferência entre direção dos Colégios Embraer

Sobre o blog

No blog de notícias do Instituto Embraer você poderá acompanhar as últimas informações sobre os projetos educacionais em andamento, eventos e prêmios. Participe e deixe o seu comentário.