EMBRAER - Instituto Embraer

Blog Notícias


  • 17maio
    Colégios Embraer tiveram semana de comemorações especiais

     

    ​As duas unidades do Colégio Embraer tiveram uma semana de comemoração. 

    Em São José dos Campos, a alegria veio em forma de medalhas na competição Matemática sem Fronteiras e em Botucatu a festa foi de aniversário celebrando os 100 dias de existência da nova escola.



    Matemática sem Fronteiras

    O Colégio Embraer - Juarez Wanderley marcou presença na competição Matemática sem Fronteiras e voltou para casa com duas medalhas.

    A Turma Argos, da 2ª série, levou a prata e a Turma Doors, da 1ª série, faturou o ouro. Além da premiação, a participação tem o intuito de despertar os alunos o interesse pela matemática, iniciativa da criação de grupo para estudos e resolução dos exercícios.

     A competição Matemática sem Fronteiras surgiu em 1990 na França, chegando ao Brasil em 2010, atualmente 29 países participam da competição. 


    100 dias do Colégio Embraer – Casimiro Montenegro Filho

     

           No dia 14 de maio, a nova unidade do Colégio Embraer completou 100 dias de vida e ninguém melhor para dizer os motivos de comemorar essa data do que a equipe de profissionais e estudantes:

     

    Temos uma equipe de professores nota 10 e alunos focados em seu plano de vida e carreira. ’, Renato Augusto – Diretor

     

    ‘A chance que o Colégio Embraer está oferecendo a 120 alunos de um dia se tornarem excelentes profissionais, através de uma educação com ótimos profissionais. ’ Áurea Souza, mãe de aluno.

     

    ‘Alegria pelo aprendizado. ’ Wagner Garcia Pereira – Professor

     

     ‘Interação da coordenação com os alunos. ’ Carolina Martins - Aluna

     

    ‘Transporte de qualidade, que nos levam e trazem da escola. ’ Vítor Cercal – Aluno

     

    ‘Uma escola que transpira energia e conhecimento!’ Equipe Pró-Bio

     

     ‘Cada obstáculo derrotado pela força de vontade dos professores, funcionários e aluno. ’ Fernanda Quessada – Aluna

     

    ‘Um diretor nota DEZ, que está sempre disposto a ajudar no que precisarmos. ’ Herbert Luidy – Aluno

     

    ‘Funcionários e alunos querendo o bem para o Meio Ambiente, pensando no futuro.’ Eduarda Souza – Aluna

     

    ‘Encontrar 120 pais que confiaram seus maiores tesouros a nós. ‘ Renato Augusto.​

     

    E para vocês, o que significa os 100 dias de Colégio Embraer - Casimiro Montenegro Filho?


  • 14maio
    10ª Edição PPS - 2013

    2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer de Educação e Pesquisa: o aniversário de 10 anos do Programa de Parceria Social!

    Nesse período foram beneficiados 105 projetos, colaborando com a educação de crianças e adolescentes, conscientizando a comunidade sobre a importância da preservação do meio ambiente, oferecendo atividades culturais e esportivas, fortalecendo a cidadania e o respeito aos direitos humanos e capacitando jovens para inserção no mercado de trabalho.

    Para celebrar a data, o Instituto Embraer preparou uma surpresa: o Prêmio PPS Especial. Os inscritos responderão a seguinte frase: "Por que a nossa instituição merece ganhar o Prêmio PPS 10 anos?"

    Além do apoio aos projetos vencedores, as 3 frases selecionadas ganharão 5 mil reais em dinheiro!

    As inscrições vão de hoje, dia 14 de maio, até o dia 31 de julho e devem ser feitas no site do Instituto​ (www.institutoembraer.com.br/ProgramadeParceriaSocial​).

    Participe!!​


    cartaz_v2.jpg


  • 10maio
    Alunos do Colégio Embraer - Casimiro Montenegro Filho pesquisam o desenvolvimento de kit caseiro para detecção de formol em leite

    Wet Lab 3.JPG 












    A preocupação com os recorrentes casos de contaminação de gêneros alimentícios levaram os alunos do Colégio Embraer – Casimiro Montenegro Filho a iniciar uma pesquisa para confecção e padronização de um kit caseiro que detecta alterações químicas nos alimentos.

    O objeto de estudo escolhido foi o leite UHT, onde foram encontrados recentemente, em lotes de marcas conhecidas, níveis significativos de ureia e formol. Sendo o último um produto cancerígeno e sem níveis seguros de ingestão.

    No laboratório Wet Lab​, do Colégio Embraer, os alunos farão testes baseados em leitura colorimétrica de fácil interpretação e serão incentivados a reproduzirem a avaliação em casa, antecipando a identificação de algum problema na qualidade do alimento a ser ingerido.

    O desenvolvimento de um kit para uso caseiro pode proporcionar as famílias mais segurança em relação aos alimentos servidos a mesa, principalmente o leito que tem as crianças seus principais consumidores.

     

    Mais informações:

    O Leite Integral UHT é composto por 3,0% de gorduras totais, 2,0% de gorduras saturadas, 3,0% de proteínas e 4,5% de carboidratos e pH entre 6,6 – 6,8. Cada 100g do produto contém cerca de 58 Kcal.

     

    Fontes:

    Folha de São:

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/05/1275671-efeitos-de-leite-adulterado-pode-surgir-a-longo-prazo-diz-ministerio.shtml

    Uol:

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/05/08/ministerio-da-justica-notifica-empresas-que-acrescentaram-ureia-e-formol-ao-leite.htm

  • 08maio
    Ex-aluna apresenta método do Colégio Embraer para estudantes de Pós-Graduação da USP

    Camila de Paiva Gomes, 18 anos, começou o curso de Ciências Biológicas, na ESALQ-USP de Piracicaba, com a idéia de aproveitar todas as oportunidades. Mas mesmo assim, quando procurou Celso Omoto, um dos seus professores, ela não imaginava que conquistaria muito mais que o estágio que pleiteava.

    Durante a conversa, a ex-aluna do Colégio Embraer – Juarez Wanderley comentou com Celso sobre as suas experiências na área, como microscopias e vidrarias, aprendidas durante o Ensino Médio, além do método PBL, utilizado pelos Colégios Embraer.

    Foi exatamente esse último que chamou a atenção do professor e levou Camila além das expectativas do momento. “Ele ficou impressionado! Há muito (o professor) quer implantar o método PBL na USP e não acreditou ao saber que ele era realizado em uma escola de Ensino Médio.”, diz Camila.

    O método PBL permite que os alunos aprendam com autonomia e segundo o professor, ‘é um modelo de renovação para a educação brasileira, por vezes tão ultrapassada'.

    Camila foi convidada para palestrar aos alunos de Celso Omoto na Pós-Graduação da USP. A reunião aconteceu no dia 18 de abril e os alunos foram super receptivos com Camila e otimistas de um dia virem a aplicar o método. “A apresentação foi ótima! Eles deram crédito ao que eu falei e perguntaram muito. Estão confiantes em exercer o PBL!”, conta.

    A futura bióloga reforça a diferença que a busca pela excelência na qualidade de ensino provocou na sua postura hoje: “O que posso falar, em suma, é que todas as experiências, por menores que sejam, que passamos no Colégio Embraer, contribuem para adquirirmos uma maturidade e uma visão sistêmica do mundo, que não encontramos em outro lugar. E eu queria muito que todos os que ainda estão no Colégio soubessem disso.”, afirma Camila.

    E sim, ela conseguiu o estágio desejado e, como seu plano de aproveitar todas as oportunidades não mudou, Camila ainda terá muitas bos hitórias para contar durante seus anos de Universidade.


    probiocamila.jpg
    Camila (à esq.) com seus colegas e a professora Carol (ao centro), na época em que dedicava seus estudos ao Pró-Bio

     ​

  • 06maio
    Sucesso na parceria entre Colégio Embraer - Juarez Wanderley e Colégio Embraer - Casimiro Montenegro Filho

    Há muito mais na união entre os Colégios Embraer do que muita gente pode imaginar. Além do modelo compartilhado e da constante busca pela excelência na educação, existem outras possibilidades sendo exploradas. É exatamente isso que está acontecendo com a Débora Santiago, ex-aluna do Colégio Embraer – Juarez Wanderley que agora estagia no Colégio Embraer – Casimiro Montenegro Filho.

     

    Débora se formou no Ensino Médio em 2008 e partiu para Botucatu para estudar Nutrição na UNESP. Foi quando soube que a empresa Sodexo Puras, que presta serviço de alimentação a Embraer, possui um convênio com a Universidade para propiciar aos alunos o estágio obrigatório e enxergou aí uma grande oportunidade. “Assim que conquistei a chance de estagiar no Colégio, em particular, procurei me aproximar da realidade do local e, a partir disso, elaborar críticas construtivas baseadas no que vivenciei no Colégio Embraer - Juarez Wanderley e no que eu vinha aprendendo no período de estágio supervisionado em Administração em Serviços de Alimentação.”, diz.

     

    O sucesso foi tão grande que ela foi convidada a ministrar algumas aulas relacionas a nutrição, no projeto ‘Medidinha Certa’, desenvolvido pelos alunos do Pré-Biológicas. ‘Os alunos foram muito receptivos, como já era esperado.’, conta a futura nutricionista e completa: ‘Todos ali presentes tem o material necessário para criar um futuro promissor’.

     

    Aluna e, agora, profissional, experiente em Colégio Embraer, Débora aproveita para deixar uma dica aos novos colegas: “Continuem desfrutando de todas as oportunidades concedidas a vocês, sejam elas ligadas ao âmbito profissional ou pessoal. Saibam que, assim como os sorrisos virão, as lágrimas e o desespero também farão parte da história que irá compor esses 3 anos de Colégio Embraer, contudo, não há o que temer! Afinal, são essas mesmas lágrimas que servirão de matéria prima para vocês construírem um futuro de sucesso. E quando o sonho já estiver edificado, só restará a saudade de ter pertencido a essa família maravilhosa.”


    debora(1).jpg
    Débora Santiago (à esq.) durante palestra no Colégio Embraer - Casimiro Montenegro Filho


Sobre o blog

No blog de notícias do Instituto Embraer você poderá acompanhar as últimas informações sobre os projetos educacionais em andamento, eventos e prêmios. Participe e deixe o seu comentário.